UE dá mais um passo para regular uso de biocombustíveis

Os 27 Estados-membros da UE estabeleceram as linhas gerais que demarcarão, no futuro, o uso dos biocombustíveis, que seriam responsáveis, de acordo com alguns especialistas, pelo aumento dos preços dos alimentos, declarou uma fonte européia nesta quinta-feira.

AFP |

Essa fonte se referiu ao "acordo dos 27 sobre as grandes questões" que estavam pendentes para definir as medidas de precaução que permitirão à União Européia produzir e importar biocombustíveis "sustentáveis".

Os Estados-membros querem ir além da Comissão Européia, que defende a adoção dos biocombustíveis, aos quais atribui uma redução de 35% nas emissões de gases causadores do efeito estufa, em comparação com os combustíveis tradicionais.

Embora os 27 mantenham esse teto de eficácia para a entrada em vigor dessas medidas, previstas para 2010, prevêem aumentá-lo em até 50%, a partir de 2017.

A Comissão Européia também avaliará, a cada dois anos, o impacto dos biocombustíveis, com o objetivo de assegurar que não repercutirão de forma nefasta nos preços dos alimentos, entre outras medidas.

soe/dm/tt

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG