UE criará sistema coordenado de alerta contra crime na internet

Luxemburgo, 24 out (EFE) - A União Européia (UE) criará um sistema coordenado de alerta contra o crime na internet, com ênfase na pornografia infantil, conforme acordaram hoje os ministros de Justiça e Interior do bloco.

EFE |

O mecanismo consistirá em plataformas nacionais que recolherão as denúncias e investigações, que serão comunicadas com uma plataforma em nível europeu coordenada pela Europol (escritório de coordenação das Polícias européias), segundo um texto de conclusões aprovado pelo Conselho de Ministros do bloco.

O secretário de Estado de Segurança espanhol, Antonio Camacho, destacou que a internet é um palco crescente para a atuação de criminosos, e disse que, entre 2003 e 2007, aumentou em 700% o número de delitos na rede investigados pelas autoridades espanholas.

A Comissão Européia (CE) destinará 300 mil euros para ajudar países do bloco a implementar este projeto, anunciou o comissário de Justiça, Segurança e Liberdades, Jacques Barrot, que insistiu em que "a luta contra o material de internet que mostra abuso sexual de crianças é uma prioridade absoluta" para Bruxelas.

O mecanismo permitirá que os investigadores dos 27 países-membros da UE compartilhem informação de forma eficaz para coordenar operações e investigações, e evitar esforços dobrados. EFE rcf/db

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG