UE congela 65,5 milhões de euros de ajuda a Honduras

A Comissão Europeia anunciou nesta segunda-feira que congelava 65,5 milhões de euros (92 milhões de dólares) de ajuda a Honduras, por não ter sido encontrado até agora uma solução para a crise que se seguiu à deposição do presidente Manuel Zelaya.

AFP |

"Lamento muito que não tenha sido possível por enquanto uma solução mutuamente aceitável para a crise em Honduras, baseada nas propostas do presidente (costarriquenho Oscar) Arias", declarou a comissária de Relações Exteriores, Benita Ferrero-Waldner, em comunicado.

A Comissão Europeia havia programado a concessão de uma ajuda total de 223 milhões de euros (316 milhões de dólares) para Honduras durante o período 2007-2013, dos quais 127,5 milhões (181 milhões de dólares) até 2010.

Destes 127,5 milhões, 65,5 milhões de euros representavam uma ajuda orçamentária, isto é, a que vai diretamente para os cofres do Estado.

A mediação de Oscar Arias fracassou domingo depois que o governo de fato hondurenho chefiado por Roberto Micheletti rejeitou sua proposta de retorno ao poder do presidente deposto.

abd/ylf/sd

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG