UE confirma 196 casos da gripe na Europa

Bruxelas, 11 mai (EFE).- O número de infectados pela gripe suína na Europa subiu para 196, dos quais 42 correspondem a pessoas que não tinham viajado à América do Norte, segundo os dados divulgados hoje pelo Centro Europeu para a Prevenção e Controle de Doenças (ECDC, em inglês), agência da União Europeia (UE).

EFE |

O centro considera que "ainda não existe um ritmo sustentado" de contágios dentro do território europeu, mas indicou que, a partir de agora, centrará seu acompanhamento do novo vírus "nos casos esporádicos e grupos de casos" deste tipo.

Os dados coletados pelo ECDC correspondem aos 27 Estados-membros da UE, assim como Suíça, Liechtenstein, Islândia e Noruega, país que detectou recentemente seus dois primeiros casos, o que eleva para 14 o número de Estados europeus afetados pela gripe suína.

Nas últimas horas, foram registrados 12 novos casos confirmados, dos quais sete foram no Reino Unido e corresponderam a pessoas que não tinham viajado aos países onde o foco foi mais virulento.

As autoridades britânicas também informaram sobre dez novos casos "prováveis".

Com 95 casos confirmados, a Espanha continua à frente na Europa em número de contágios, seguida pelo Reino Unido (55), França (13) e Alemanha (11).

No resto do mundo, há mais de 4,9 mil casos confirmados, registrados em outros 16 países, dos quais os mais com mais pessoas infectadas são Estados Unidos, México e Canadá.

Apesar do nome, a gripe suína não apresenta risco de infecção por ingestão de carne de porco e derivados. EFE ahg/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG