pelo menos sete mísseis balísticos pela Coreia do Norte e considerou uma provocação, informou o escritório do alto representante para Política Externa e Segurança Comum do bloco, Javier Solana." / pelo menos sete mísseis balísticos pela Coreia do Norte e considerou uma provocação, informou o escritório do alto representante para Política Externa e Segurança Comum do bloco, Javier Solana." /

UE condena lançamento de mísseis da Coreia do Norte

BRUXELAS - A União Europeia (UE) condenou neste sábado o lançamento de http://ultimosegundo.ig.com.br/mundo/2009/07/04/coreia+do+norte+lanca+setimo+missil+em+um+dia+7114940.html target=_toppelo menos sete mísseis balísticos pela Coreia do Norte e considerou uma provocação, informou o escritório do alto representante para Política Externa e Segurança Comum do bloco, Javier Solana.

Redação com agências internacionais |

"A UE condena o lançamento de mísseis, considera uma provocação e exige que a Coreia do Norte volte à mesa de negociações", disse à Agência Efe a porta-voz de Solana, Cristina Gallach.

O sétimo lançamento ocorreu às 17h40 locais (5h40 de Brasília), segundo o Ministério da Defesa sul-coreano. De acordo com a agência local de notícias "Yonhap", o míssil parece ser do mesmo tipo que os seis anteriores .

Os seis primeiros projéteis foram lançados entre as 8h e 16h10 locais (20h de sexta-feira e 4h10 de hoje em Brasília) da base militar de Gitdaeryong, próxima à cidade litorânea de Wonsan, no sudeste da Coreia do Norte, e têm alcance entre 400 e 500 quilômetros.

O governo sul-coreano suspeita de que todos sejam mísseis de curto alcance do tipo Scud, que podem cobrir uma maior distância - entre 400 e 500 quilômetros -, apesar de tecnicamente continuarem sendo considerados como projéteis de curto alcance, segundo a "Yonhap".

Leia mais sobre: Coreia do Norte

    Leia tudo sobre: coréia do norteunião européia

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG