UE condena atentados e apóia luta antiterrorista no Paquistão

Paris, 21 ago (EFE).- A União Européia (UE) condenou o duplo atentado perpetrado hoje no Paquistão, que matou dezenas de pessoas, e reafirmou sua solidariedade com as autoridades do país asiático na luta contra o terrorismo.

EFE |

Pelo menos 64 pessoas morreram e 80 ficaram feridas em um duplo atentado suicida, o maior deste ano, contra a principal fábrica de armas do Paquistão, na cidade de Taxila, próxima à Islamabad.

Em comunicado, a Presidência francesa da UE reiterou "a condenação mais firme ao terrorismo" e lembrou que "devem prevalecer a humanidade, o diálogo e a livre expressão democrática".

Além disso, manifestou suas condolências às famílias das vítimas deste atentado que "deixa de luto, mais uma vez", o Paquistão. EFE ao/rr

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG