UE começa cúpula em que condenará a conduta russa na Geórgia

Bruxelas, 1 set (EFE).- Os líderes da União Européia (UE) começaram hoje uma reunião extraordinária em Bruxelas em que pretendem expressar sua total rejeição à conduta russa na Geórgia, embora não devam chegar a impor sanções.

EFE |

"Não aceitamos a conduta russa, mas não é o momento de sanções", declarou à imprensa, quando chegava à cúpula, a presidente da Finlândia, Tarja Halonen.

"Não vejo as coisas em termos de sanções", disse o primeiro-ministro belga, Yves Leterme.

Os 27 países-membros da UE provavelmente condenarão o uso desproporcional da força por parte da Rússia, a violação da integridade territorial da Geórgia e o reconhecimento por Moscou da independência unilateral das regiões separatistas da Ossétia do Sul e da Abkházia. EFE jms/rr

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG