UE autoriza nacionalização parcial do Commerzbank com condições

A Comissão Europeia aprovou nesta quinta-feira a nacionalização parcial do Commerzbank, o segundo maior banco alemão, mas com a condição de que o mesmo ceda várias atividades do banco de investimentos e da imobiliária, que representam 45% do total de ativos e passivos.

AFP |

Berlim decidiu assumir o controle de 25% do capital do banco em troca de uma injeção de 10 bilhões de euros (13,3 bilhões de dólares), que se somará a uma primeira ajuda de oito bilhões de euros concedida no fim de 2008.

O Commerzbank deverá centrar as ações em suas atividades básicas, de serviços a clientes particulares e sociedades, e abandonará as dedicadas a investimentos e imobiliária comercial, que representam 45% do total de sua balança atual, destaca Bruxelas em um comunicado.

Entre as filiais que serão vendidas figura em particular a imobiliária Eurohypo, que provocou graves prejuízos ao Commerzbank.

bur-app/fp

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG