Bruxelas, 13 ago (EFE).- A União Europeia (UE) aprovou hoje novas sanções contra Mianmar em resposta à nova condenação de 18 meses de prisão domiciliar contra a dirigente da oposição democrática desse país, Aung San Suu Kyi.

EFE rcf/an

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.