UE aprova legislação que pune propaganda terrorista na internet

O Europarlamento aprovou nesta terça-feira a revisão do conjunto de leis antiterroristas da União Européia (UE), que permitirá, a partir de agora, sancionar de forma penal quem incentivar publicamente, incluindo a internet, a execução de atos terroristas.

AFP |

O reforço da legislação aprovado por 556 votos a favor, 90 contra e 19 abstenções acontece depois dos três atentados cometidos pela organização separatista armada basca ETA no fim de semana na Espanha, que deixaram um morto e 11 feridos.

O objetivo da nova legislação é evitar que os terroristas utilizem as vantagens da internet para divulgar propaganda, recrutar adeptos, difundir manuais de treinamento ou planejar atentados, segundo a Eurocâmara.

Leia mais sobre terrorismo

    Leia tudo sobre: terrorismo

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG