UE aponta 1,5 milhão de votos suspeitos em eleição afegã

Os observadores da União Europeia (UE) anunciaram nesta quarta-feira que suspeitam de fraude em 1,5 milhão de votos da eleição presidencial afegã de 20 de agosto, 75% deles favoráveis ao atual presidente Hamid Karzai.

AFP |

"Calculamos que há 1,5 milhão de votos suspeitos", declarou à imprensa Dimitra Ioannou, subdiretora da Missão de Observação Eleitoral da UE no Afeganistão.

Destes votos, 1,1 milhão foram para Karzai, segundo Ioannou, e 300.000 para seu principal rival, Abdullah Abdullah. Os demais votos suspeitos foram distribuídos entre outros candidatos.

A eleição presidencial de 20 de agosto foi marcada por denúncias de fraude em massa.

Nesta quarta-feira devem ser divulgados os resultados finais preliminares, mas o anúncio oficial do vencedor vai demorar várias semanas, segundo as autoridades afegãs.

Leia mais sobre: Afeganistão

    Leia tudo sobre: afeganistãoeleiçõesviolência

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG