UE anuncia mais sanções a Mianmar por condenação a Nobel da Paz

Bruxelas, 11 ago (EFE).- A União Europeia (UE) anunciou hoje que reforçará as sanções contra o regime de Mianmar, incluindo as de caráter econômico, depois de a líder da oposição democrática e Nobel da Paz, Aung San Suu Kyi, ter sido novamente condenada à prisão domiciliar .

EFE |

A Presidência sueca da UE diz em comunicado que "tomará medidas" adicionais às atuais sanções, em resposta a uma condenação consequência de um processo judicial que considera "injustificado".

Segundo a UE, os países-membros "estão preparados para revisar, corrigir ou reforçar" as iniciativas em função do desenvolvimento dos fatos. EFE aal/rr

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG