UE ameaça Zimbábue com novas sanções

Luxemburgo, 13 out (EFE).- A União Européia (UE) ameaçou hoje com novas sanções o regime do presidente do Zimbábue, Robert Mugabe, por sua decisão unilateral de formar um Governo sem consenso com a oposição, o que descumpre o pacto de união nacional assinado em 15 de setembro.

EFE |

O Conselho de Assuntos Gerais e Relações Exteriores da UE pediu por escrito a Mugabe que cumpra o pacto, que foi obrigado a assinar com o opositor Morgan Tsvangirai, após 28 anos no poder.

Há dois dias, como não chegava a acordos sobre a divisão dos ministérios, Mugabe anunciou, de forma unilateral, que assumiria o controle das pastas de Defesa, Finanças e Interior.

A UE também expressou sua "preocupação" com a situação humanitária no país africano, que acaba de receber uma ajuda adicional de 10 milhões de euro da Comissão Européia (CE). EFE met/rr

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG