UE ameaça governo do Zimbábue com novas sanções

A União Européia (UE) ameaçou aumentar as sanções contra os responsáveis pela violência política no Zimbábue, indica um projeto de texto que deve ser aprovado nesta sexta-feira pelos 27, em clara alusão ao regime do presidente Robert Mugabe.

AFP |

"O Conselho Europeu reitera que está preparado para adotar medidas adicionais contra os responsáveis pela violência", aponta o documento, que será submetido à aprovação dos participantes da reunião de cúpula da UE em Bruxelas.

Mugabe, de 84 anos e há 28 no poder, é acusado de ter intensificado a repressão às vésperas do segundo turno da eleição presidencial de 27 de junho, no qual tentará derrotar o líder opositor Morgan Tsvangirai.

rjm/dm

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG