UE adia as negociações para uma associação ampliada com a Rússia

A União Européia decidiu adiar as próximas reuniões previstas para negociar um acordo de associação ampliada com a Rússia, anunciou nesta segunda-feira o presidente da Comissão Européia, José Manuel Barroso, depois de uma reunião de cúpula extraordinárias sobre a Geórgia.

AFP |

"Enquanto a retirada das tropas russas não for respeitada, todas as reuniões sobre o acordo de associação ficam adiadas", anunciou o presidente do Executivo europeu em coletiva de imprensa em Bruxelas.

"Adiamos todas as nossas reuniões sobre o acordo de associação ampliada", confirmou, por sua vez, o presidente francês Nicolas Sarkozy, presidente em exercício da UE.

A próxima sessão de negociação estava prevista para 15 de setembro em Bruxelas.

Este novo acordo tem por objetivo aprofundar os laços entre a UE e a Rússia, que já estão vinculados por um acordo de associação desde 1997.

Barroso e Sarkozy, acompanhados pelo chefe da diplomacia européia, Javier Solana, anunciaram que se dirigirão no dia 8 de setembro, segunda-feira, a Moscou e Tbilisi para tentar falar de uma solução para o conflito e obter uma retirada das tropas russas da Geórgia.

pa/cn

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG