Ucraniana e marroquina são mortas em Gaza

Uma marroquina e uma ucraniana, ambas casadas com palestinos, morreram nesta quinta-feira à noite, vítimas dos disparos de artilharia do Exército israelense na cidade de Gaza, informaram fontes médicas palestinas.

AFP |

Rokaya Abu Naja, uma marroquina de 55 anos, morreu junto com dois membros de sua família, e a ucraniana Albina al Jaru, de 36, faleceu com o filho, de um ano e meio.

Com esses novos óbitos, sobe para 768 o número de pessoas mortas na Faixa de Gaza desde o início da ofensiva israelense, em 27 de dezembro, de acordo com contagem estabelecida pela AFP, com base nos balanços das fontes médicas. Mais de 3.200 pessoas estão feridas.

Os confrontos entre soldados israelenses e combatentes palestinos continuavam agora à noite no bairro de Zeitun, na cidade de Gaza, assim como em Jabaliya, no norte da Faixa de Gaza, disseram testemunhas palestinas.

O Exército israelense também continuava seus disparos de artilharia em Rafah (sul), perto da fronteira egípcia.

sa/tt/LR

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG