A Ucrânia fornecerá gás natural de suas próprias reservas à Bulgária e à Moldávia, anunciou a presidência ucraniana neste sábado, depois que a Rússia cortou completamente o fornecimento devido ao contencioso pelos preços cobrados de Kiev.

"A Ucrânia fornecerá à República da Bulgária e à República da Moldávia dois milhões de metros cúbicos diários de gás natural ucraniano de suas próprias reservas a partir de 10 de janeiro", anunciou a presidência em um comunicado.

as-dt/lm

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.