Ucrânia celebra 18º aniversário de independência

Kiev, 24 ago (EFE).- A Ucrânia celebrou hoje com uma parada militar, entre outros atos oficiais, o 18º aniversário de sua independência da União Soviética.

EFE |

Cerca de 3,4 mil militares desfilaram frente à tribuna de honra instalada na Praça da Independência, na avenida Kreschatik, a principal da capital ucraniana, Ao contrário de anos anteriores, desta vez não houve a participação de blindados ou unidades de armamento pesado, incluindo sistemas de mísseis, no desfile.

No entanto, os habitantes de Kiev puderam ver os mais recentes modelos de blindados ucranianos, que foram expostos ao público na avenida Kreschatik, junto com sistemas de mísseis e outros armamentos.

Ao final do desfile, 38 aviões e helicópteros das Forças Aéreas da Ucrânia sobrevoaram a Praça da Independência.

"Devemos ficar orgulhosos de cada êxito alcançado desde o dia do restabelecimento da independência da Ucrânia", afirmou, em sua mensagem de felicitação ao país, o presidente ucraniano, Viktor Yushchenko.

Ressaltou que a Ucrânia se situa no mundo como um "Estado livre e democrático, com um elevado potencial científico e tecnológico, onde vivem pessoas talentosas e trabalhadoras".

"Passo a passo, nos aproximamos de nosso objetivo: a integração plena do povo ucraniano na família europeia de nações livres", acrescentou o chefe de Estado.

Em seu discurso na Praça da Independência, Yushchenko anunciou o começo de um debate nacional sobre seu projeto de emendas constitucionais, que foi mal recebido pela Rada Suprema (Parlamento ucraniano).

"Estou disposto a ouvir a opinião de cada ucraniano", disse o presidente, que promove a redução do número de parlamentares, a abolição da imunidade dos legisladores e a ampliação das prerrogativas das autoridades regionais. EFE bk-bsi/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG