Tzipi Livni quer formar novo governo o mais rápido possível

A nova líder do partido Kadima (centro, no poder), Tzipi Livni, anunciou nesta quinta-feira a intenção de formar o mais rápido possível um novo governo, depois de derrotar nas primárias do partido o ministro Shaul Mofaz.

AFP |

"Vou começar amanhã mesmo a me reunir com os representantes de outros partidos na Knesset (Parlamento) para formar o mais rápido possível uma nova coalizão frente aos graves desafios que Israel tem pela frente", declarou Livni.

A ministra das Relações Exteriores, Tzipi Livni, considerada uma pragmática, obteve 43,1% dos votos, contra 42% do ministro dos Transportes, Shaul Mofaz, considerado um "falcão".

Como o primeiro-ministro Ehud Olmert prometeu renunciar ao cargo depois da eleição do líder do Kadima, Livni terá a chance de formar um gabinete para assumir o posto de premier.

Em Gaza, o Movimento de Resistência Islâmica palestino (Hamas) reagiu à vitória de Livni afirmando, em um comunicado, que a eleição significaria "a continuação da política de agressão contra o povo palestino".

    Leia tudo sobre: israel

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG