TV síria afirma que grupo sunita Fatah al Islã realizou atentado em Damasco

O atentado de 27 de setembro passado em Damasco que matou 17 pessoas foi realizado pelo grupo radical sunita Fatah al Islã, que em 2007 enfrentou o Exército do Líbano no norte daquele país, informou nesta quinta-feira a TV estatal síria.

AFP |

A TV exibiu hoje "confissões" de uma dezena de pessoas que garantem pertencer ao grupo radical e que atribuem o ataque suicida com carro-bomba ao Fatah al Islã.

A emissora apresenta o depoimento de um homem apontado como "o responsável da segurança do Fatah al Islã na Síria", Abdel Baqi al Hussein, que garante que o objetivo do atentado era "prejudicar o regime sírio".

A TV também difundiu a foto de um homem que teria guiado o carro-bomba.

O atentado de Damasco, o mais sangrento ocorrido na Síria desde os anos 80, deixou 17 mortos e 14 feridos.

rm/LR

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG