TV libanesa oferece emprego a jornalista que jogou sapatos em Bush

Um canal libanês conhecido pelas posições antiamericanas ofereceu emprego ao jornalista iraquiano que jogou, no domingo, um par de sapatos no presidente americano George W. Bush em Bagdá.

AFP |

"A New TV (NTV) ofereceu publicamente um emprego ao jornalista, que foi detido depois do incidente", declarou Fadia Bazzi, editor responsável pelos noticiários da emissora.

Bazzi afirmou que o jornalista será pago "a partir do instante em que foi lançado o primeiro sapato".

O canal, de propriedade do milionário empresário libanês Tahsin Khayyat, "está disposto a pagar a fiança para a libertação e garantir os custos dos advogados de defesa", acrescentou.

No domingo, em plena entrevista coletiva, Muntazer al-Zaidi, 29 anos, jornalistas do canal Al-Bagdadia, jogou os sapatos contra Bush e insultou o presidente americano, que se esquivou e não foi atingido.

O repórter foi detido pelos serviços de segurança iraquianos.

Nesta terça-feira, o irmão do jornalista afirmou que ele tem um braço e costelas quebradas, além de ferimentos em um olho e uma perna.

"De acordo com informações obtidas por agentes de segurança, Muntazer al-Zaidi está detido pelos iraquianos na zona verde e foi agredido pelos serviços de segurança iraquianos", declarou à AFP o irmão Durgham, de 32 anos.

"Tem um braço e costelas quebradas e ferimentos em um olho e uma perna", declarou, sem precisar quando os ferimentos foram causados.

"Está detido pelos serviços de Muaffak al-Rubaie", acrescentou, a respeito do conselheiro iraquiano de segurança nacional.

ram/fp

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG