Uma rede de TV privada boliviana pediu desculpas depois de ter divulgado, na semana passada, fotografias supostamente tiradas por um passageiro brasileiro do voo AF 447 Rio-Paris durante a catástrofe e que vinham na verdade do famoso seriado Lost.

A rede PAT divulgou quinta-feira, no jornal da noite, duas fotos mostrando a cabine de um avião. Em uma delas, pode-se ver os passageiros colocando máscaras de oxigênio. Na outra, o aparelho, cortado em duas partes, perde a cauda, e aparece no fundo um passageiro sendo "jogado" para fora do avião.

"Aparentemente, estas fotos foram tiradas por um dos passageiros do avião na hora do acidente, e foram recuperadas da memória da máquina fotográfica digital", explicou a apresentadora.

"A máquina foi destruída, mas a memória pôde ser recuperada. Ela pertencia a Paulo Muller, um ator de teatro brasileiro", chegou a destacar a apresentadora, ao comentar longamente as "fotos da tragédia".

"As duas imagens foram divulgadas em nosso jornal de quinta-feira, e pedimos desculpas aos telespectadores logo no dia seguinte", declarou nesta segunda-feira à AFP Eddy Luis Franco, assessor de imprensa da PAT.

Franco destacou que as fotos chegaram ao canal pela internet, mas não explicou como elas puderam ser divulgadas sem qualquer verificação.

O seriado americano "Lost", grande sucesso em todo o mundo, tem como principais protagonistas um grupo de pessoas envolvidas em um acidente de avião que tentam sobreviver em uma ilha do Pacífico.

O AF 447, que fazia a ligação entre Rio de Janeiro e Paris, caiu no Atlântico no dia 1 de junho com 228 pessoas a bordo, em circunstâncias ainda não elucidadas.

jac/yw

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.