Turquia quer processar Sarah Ferguson por documentário

A Turquia pediu a ajuda do Reino Unido para processar a duquesa de York, Sarah Ferguson, por um documentário que denuncia as condições de vida nos orfanatos turcos, anunciou à AFP uma fonte turca, que não quis ser identificada.

AFP |

"Temos informações segundo as quais o ministério da Justiça enviou uma solicitação ao Reino Unido, em virtude de um acordo bilateral de cooperação em matéria de justiça", disse a fonte, destacando que o "provável" próximo passo será um pedido de extradição da duquesa.

Não foi possível entrar em contato com o ministério turco da Justiça para falar sobre o caso.

O documentário foi filmado às escondidas, quando a duquesa visitava estabelecimentos públicos para órfãos e portadores de deficiências na Turquia. Ele foi divulgado em novembro pelo canal britânico ITV1.

O filme mostra cenas tocantes, como a de um menino estendido em um corredor e rastejando para se aproximar da luz do sol, e a de outro garoto trancado em uma caixa de madeira.

Para Ancara, Sarah Ferguson quis prejudicar a Turquia, num momento em que este país busca entrar na União Europeia (UE).

A duquesa é a ex-esposa do príncipe Andrew, o segundo filho da rainha Elizabeth. Ela ficou com título depois do divórcio.

Sarah Ferguson já disse que não se sente culpada pelo incidente.

"Sou apolítica, e apoio sua majestade mas do que qualquer outra pessoa do mundo", declarou.

su/yw

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG