mais liberdade e democracia diante do problema curdo - Mundo - iG" /

Turquia oferece mais liberdade e democracia diante do problema curdo

Istambul, 29 jul (EFE).- O Governo turco mostrou hoje sua predisposição a oferecer mais liberdade e democracia para solucionar o problema curdo e conseguir que o grupo armado Partido dos Trabalhadores do Curdistão (PKK) abandone a violência.

EFE |

"Como Governo, achamos que a solução para os problemas políticos é muito mais liberdade e muito mais democracia. Para expandir os direitos democráticos dos cidadãos, a solução é a democratização, e nós queremos dar estes passos ao lado de todos os segmentos da sociedade", disse o ministro do Interior turco, Besir Atalay, em entrevista coletiva.

Esta foi a resposta a um plano de paz elaborado por Abdullah Öcalan, líder do PKK e que está detido, que será divulgado por volta de 15 de agosto e que gerou um grande debate na imprensa, devido à perspectiva de solucionar um conflito que, desde 1984, deixou mais de 40 mil mortos.

O Governo turco anunciou que hoje revelaria seu próprio plano para avançar no conflito curdo, mas o ministro do Interior disse que "ainda é cedo" para oferecer detalhes concretos.

"O dia 15 de agosto não é uma data que nós estabelecemos. Para obter (os resultados) que desejamos, este trabalho precisa de muito mais tempo", avisou Atalay.

Também disse que estão sendo preparadas atuações a curto, médio e longo prazo, e que haverá "passos valentes" para a solução da disputa.

No entanto, Atalay desmentiu ter tido contatos com o líder do PKK e reiterou a ideia que o Governo turco produzirá suas próprias soluções. EFE amu/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG