Turquia iniciará processo contra bloqueio israelense em Gaza

Medida é uma das cinco iniciativas anunciadas pelo governo de Ancara como retaliação a Israel

AFP |

O ministro das Relações Exteriores turco, Ahmet Davutoglu, anunciou neste sábado que seu país abrirá na próxima semana um processo no Tribunal Internacional de Justiça contra o bloqueio imposto por Israel à Faixa de Gaza, informou a agência Anatolia.

Esta medida é uma das cinco iniciativas anunciadas na sexta-feira pelo governo de Ancara como retaliação pela negativa de Israel em pedir desculpas pelo ataque do exército israelense a uma frota de ajuda humanitária que se dirigia a Gaza, no qual morreram nove ativistas turcos em maio de 2010.

"Não se trata de um assunto entre Turquia e Israel, se trata de um assunto entre Israel e a comunidade internacional, o direito internacional e a consciência internacional", justificou o ministro.

O vice-ministro de Relações Exteriores israelense, Danny Ayalon, citado pela rádio estatal, disse "lamentar a decisão turca" e considerou que o processo não prosperará porque uma comissão da ONU concluiu que o bloqueio naval a Gaza "não viola o direito internacional".

Turquia expulsa embaixador

A Turquia expulsou o embaixador israelense de Ancara e cortou seus laços militares com Israel nesta sexta-feira. Fontes oficiais israelenses reagiram à decisão afirmando que "Israel reconhece a importância dos laços históricos no passado e presente entre os povos turco e judeu (...) e espera encontrar um caminho para superar os desentendimentos e continuará trabalhando para atingir esse objetivo". Com relação à expulsão do embaixador israelense em Ancara, Gaby Levy, as fontes informaram que ele concluiu seu mandato e havia se despedido dos colegas turcos há vários dias.

    Leia tudo sobre: turquiaisraelgazaflotilhaonuoriente médio

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG