Turquia exige desculpas de Israel e nega antissemitismo

A Turquia exigiu nesta terça-feira desculpas de Israel pelo tratamento dispensado na véspera a seu embaixador neste país e negou com veemência as acusações de antissemitismo por parte do Estado hebreu motivadas pela tranmissão de um filme considerado discriminatório.

AFP |

Antes, o embaixador de Israel na Turquia foi convocado ao ministério, onde foi informado do descontentamento pela forma com que Danny Ayalon, vice-ministro das Relações Exteriores israelense, tratou seu colega embaixador.

Ayalon teria se negado a apertar a mão do embaixador turco, além de obrigá-lo a esperar muito tempo para recebê-lo.

Este episódio acontece depois da difusão, na Turquia, da série televisiva "O vale dos lobos", considerada altamente anti-israelense, e as novas críticas do premiê turco, Recep Tayyip Erdogan, ao ataque aéreo israelense à Faixa de Gaza.

A Turquia, um país muçulmano, era um aliado regional de Israel, mas as relações de deterioraram há um ano devido a la ofensiva militar israelense contra a Faixa de Gaza, muito criticada pelos dirigentes turcos.

BA/cn

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG