Turquia diz que o Hamas deve optar por luta armada ou por via política

Istambul, 27 jan (EFE).- O Hamas deve escolher entre prosseguir a luta armada ou se integrar na vida política pacífica, declarou o ministro de Assuntos Exteriores da Turquia, Ali Babacan.

EFE |

"O Hamas deve tomar uma decisão. Deseja ser uma organização armada ou um movimento político? Nossa proposta é que se integre ao sistema político", afirmou Babacan em entrevista ao jornal "Milliyet" na qual criticou o grupo palestino.

Durante as três semanas de ataques israelenses contra a Faixa de Gaza a Turquia tentou mediar o conflito entre as partes e serviu de conexão entre a cúpula do Hamas no exílio, de uma parte, e o Egito e os países europeus, de outra.

"O Hamas é uma realidade em Gaza. Entretanto, também cometeu erros. Nós não apoiamos os erros cometidos pelo Hamas", declarou Babacan em referência às críticas recebidas pela Turquia por ter apoiado o movimento islâmico. EFE amu/fal

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG