Turquia detém 5 generais acusados de preparar golpe de Estado

Istambul, 22 fev (EFE).- Cinco generais aposentados do Exército turco foram detidos hoje dentro de uma investigação sobre a preparação de um golpe de Estado, informou o canal de televisão local NTV.

EFE |

Entre os cinco militares detidos estão o antigo comandante das Forças Aéreas Ibrahim Firtina; o da Força Naval Ozden Ornek e o do Primeiro Exército Ergin Saygun.

Esses nomes já apareciam nas folhas de acusação de planos de golpe de Estado relacionados com a investigação sobre a Ergenekon, uma rede de ideologia ultranacionalista que pretendia semear o caos na Turquia com atentados e assassinatos políticos para, assim, justificar uma intervenção militar.

As detenções de hoje estão ligadas à investigação de um plano de golpe de Estado que teria sido preparado em 2003 (Balyoz).

O plano golpista tinha previsto atentar contra duas mesquitas em Istambul, derrubar um avião militar turco no Mar Egeu para forçar um enfrentamento com a Grécia e prender intelectuais críticos ao Exército.

O chefe do Estado-Maior, o general Ilker Basbug, cancelou a visita que faria hoje ao Egito em virtude das novas detenções, informou o canal "CNN" na Turquia. EFE Amu/rr

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG