Turkish Airlines organiza viagem a Amsterdã de parentes de vítimas

Ancara, 25 fev (EFE).- A companhia aérea Turkish Airlines está transferindo à Holanda os familiares das vítimas do acidente sofrido por um de seus aviões hoje no aeroporto de Amsterdã, e no qual nove pessoas morreram e mais de 50 ficaram feridas.

EFE |

Assim afirmou à imprensa turca Candan Karlitekin, presidente do conselho executivo da companhia aérea, que confirmou o número de nove mortos e destacou que, entre as vítimas fatais, há vários membros da tripulação.

Segundo a rede turca "NTV", três dos mortos são funcionários da companhia aérea.

Karlitekin anunciou que a companhia transferirá gratuitamente dois parentes de cada um dos 78 cidadãos turcos, do total de 135 ocupantes, que viajavam no Boeing 737 que se acidentou quando se preparava para chegar ao aeroporto holandês.

O representante da Turkish Airlines disse que as autoridades holandesas divulgaram que não exigirão visto dos cidadãos turcos que viajarem a Amsterdã.

Um primeiro grupo de parentes já partiu de Istambul e um segundo voo deve levar mais familiares ao longo do dia. EFE Dt-amu/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG