Turistas são atacados por ativistas de partido regionalista da Índia

Nova Délhi, 12 jun (EFE).- Oito turistas foram atacados hoje por ativistas de um partido da região indiana de Bengala (nordeste), na qual aconteceram protestos nos últimos dias, informou a Polícia.

EFE |

O episódio aconteceu na área de Dooars, no distrito turístico de Darjeeling, após a chegada de ativistas do grupo Gorkha Janamukti Morcha (GJM) à região.

"Os aldeões afugentaram os agitadores de GJM. Entretanto, ao escapar, viram um veículo de turistas procedente de Darjeeling e descarregaram sua raiva sobre os turistas", afirmou à agência indiana "Ians" o inspetor da Polícia local.

Na última terça, várias áreas da região de Bengala sofreram protestos encorajados pelo GJM, que demanda uma região separada para a comunidade Gorkha, imigrantes procedentes do Nepal.

Os protestos causaram muitos inconvenientes para os turistas, já que os manifestantes bloquearam as comunicações e as provisões para ou desde a turística cidade de Darjeeling.

As lojas, mercados e edifícios públicos estão há três dias fechados, e milhares de turistas ficaram ontem presos na próxima e montanhosa região de Sikkim por causa dos bloqueios de estradas. EFE ss/fal

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG