Turistas brasileiros são detidos no sul da Bolívia

Pelo menos quatro turistas brasileiros foram detidos na última terça-feira durante um bloqueio na estrada que dá acesso ao Salar de Uyuni, também conhecido como Deserto do Sal, no sul da Bolívia. A família de um dos turistas, o curitibano Herotides Ruiz Arruda, de 56 anos, recebeu a notícia por meio de uma mensagem de celular, por volta das 18h desta terça-feira.

BBC Brasil |

Ele viaja acompanhado do filho Diogo, de 24 anos, e de dois amigos da família, Marcos e Bruno, de 25 e 23 anos.

Na mensagem enviada a sua filha, nos Estados Unidos, Arruda conta estar detido por manifestantes "pacíficos" e que "estaria bem". Desde então a família não recebeu nenhum outro contato.

Arruda diz ainda na mensagem que o grupo tem cerca de 90 turistas, entre americanos, israelenses e franceses, e sugere à filha que avise a imprensa.

O Itamaraty confirma a informação e diz que a embaixada do Brasil em La Paz foi acionada para buscar detalhes. Segundo o Ministério das Relações Exteriores, o episódio não está sendo tratado como sequestro.

"A informação que temos é de que os manifestantes são pacíficos, mas sem notícias ficamos aflitos, com medo", disse à BBC Brasil Regina Ruiz, ex-mulher de Arruda.

De acordo com o jornal El Potosí, da Bolívia, a rodovia estaria fechada desde a semana passada, como protesto contra a ação "predatória" de uma mineradora.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG