Turista israelense tira roupa em protesto por cantada de operários

AUSTRÁLIA - Uma turista israelense cansada de ser cantada por operários que asfaltavam uma estrada enquanto ela caminhava por uma rua da localidade de Kerikeri, ao norte da Nova Zelândia, tirou a roupa na frente dos trabalhadores em uma mostra de desafio, informou hoje a imprensa local.

EFE |

A mulher, que procurava um caixa automático para sacar dinheiro, começou a tirar as roupas tranquilamente em frente aos operários para, em seguida, se vestir novamente e deixar o local.

O sargento da Polícia Peter Masters afirmou que a turista, que hoje deve deixar o país, confessou que, cansada dos assobios, decidiu "mostrar o que tinha".

Masters afirmou que a mulher tinha sido cantada antes por homens neozelandeses e assinalou que os agentes da Polícia explicaram que sua atitude era inadequada na Nova Zelândia.

Leia mais sobre turismo

    Leia tudo sobre: pelada

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG