Turbulência nos EUA derruba bolsas na Ásia e na Europa

As principais bolsas de valores da Europa e da Ásia registraram queda nesta terça-feira devido ao temor gerado pela turbulência no sistema financeiro dos Estados Unidos. O índice Hang Seng, de Hong Kong, registrou queda de 3,8% e o índice Nikkei, do Japão, teve perda de 2%.

BBC Brasil |

Na Bolsa de Xangai, na China, as ações caíram 3,4%. As principais perdas na Ásia ocorreram nos bancos.

Na Grã-Bretanha, o índice FTSE 100 atingiu seu nível mais baixo desde 2005 antes de apresentar uma leve recuperação. Às 14h10 de Londres (10h10 de Brasília), o índice operava em queda de 2,3%. As ações do banco Royal Bank of Scotland apresentavam a maior perda.

O setor financeiro da Alemanha também foi atingido e o índice Dax, da bolsa de Frankfurt, registrava perda de 2,24% às 15h10 (10h10 de Brasília). Na França, no mesmo horário, o índice Cac 40 apresentava uma queda de 1,78%.

Governo dos EUA
Segundo o correspondente da BBC para economia Andrew Walker, a notícia de que o governo e o Banco Central dos Estados Unidos anunciaram medidas para ajudar as maiores empresas de hipotecas dos Estados Unidos, Freddie Mac e Fannie Mae, não conseguiu apaziguar os mercados.

Os investidores ainda temem que possam ocorrer maiores perdas no setor de crédito para bancos nos Estados Unidos e até em outros países.

"Os problemas enfrentados por Fannie Mae e Freddie Mac ainda destacam as questões que são fundamentais para o mercado", afirmou Henk Potts, estrategista na companhia britânica Barclay Stockbrokers.

"A realidade é que os investidores estão contemplando a inflação, queda dos preços dos imóveis, pouca confiança dos consumidores e negócios e isto continua a enfraquecer a confiança do investidor", disse.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG