Turbulência derrubou avião do aventureiro Steven Fossett

Washington, 9 jul (EFE).- A queda do avião pilotado pelo aventureiro Steve Fossett sobre o deserto de Nevada em 2007 foi causada provavelmente por uma turbulência repentina, como informou hoje a Junta Nacional de Segurança no Transporte (NTSB) americana.

EFE |

Um comunicado desse organismo federal diz que os fortes ventos provavelmente impediram que a pequena aeronave bimotor de Fossett alcançasse uma altura que evitasse o acidente.

Fossett tinha partido em uma viagem de lazer da própria pista que possuía em seu rancho em Nevada.

Pouco antes de decolar, informou a um piloto de seu rancho que tinha a intenção de sobrevoar uma estrada e que não levaria paraquedas.

Segundo o relatório, não foram recebidas informações de que Fossett estava em situação de emergência, nem sinais de seu transmissor automático.

Os restos do avião e documentos de Fossett só foram achados um ano depois, em uma região de floresta perto dos lagos Mammouth.

Fossett, que fez fortuna no mercado de matérias-primas de Chicago, ganhou fama no mundo todo por uma série de recordes mundiais que estabeleceu ao voar em balões e planadores.

Em 2002, se tornou a primeira pessoa a dar a volta ao mundo sozinha em um balão. EFE ojl/rr

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG