Tumulto marca chegada do menino S. a consulado no RJ

O menino S., de 9 anos, chegou por volta das 9h45 de hoje ao Consulado dos Estados Unidos no Rio de Janeiro, acompanhado de familiares.

Agência Estado |

Eles vão cumprir a decisão da Justiça brasileira de entregar o garoto ao pai biológico, o norte-americano David Goldman - a mãe, Bruna Bianchi, que se separou e trouxe a criança para o Basil morreu no parto -, que está na representação diplomática desde o início da manhã e deverá levá-lo para os Estados Unidos ainda hoje.

Houve enorme tumulto na chegada da criança, porque o carro da família parou em uma avenida próxima e todos vieram a pé por 200 metros até o prédio do consulado, cercados de repórteres, fotógrafos e cinegrafistas, que trocavam empurrões. O menino e Silvana estão vestidos com camisas da seleção brasileira.

Sérgio Tostes, o advogado da empresária Silvana Bianchi, avó da criança, disse que o garoto será levado para os Estados Unidos em um avião fretado pelo governo norte-americano. "Tentamos de todas as maneiras que a avó acompanhasse o menino no voo, mas o governo americano negou. E o governo brasileiro aceitou", criticou o advogado, ao deixar a casa de Silvana, no Jardim Botânico, zona sul do Rio de Janeiro.

    Leia tudo sobre: sean goldman

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG