Tumulto em distribuição de alimentos mata pelo menos 18 no Paquistão

Pelo menos 18 mulheres e crianças morreram e dezenas ficaram feridas num tumulto nesta segunda-feira durante uma distribuição gratuita de farinha na cidade de Karachi, no sul do Paquistão, segundo as autoridades locais. A farinha estava sendo distribuída em um bairro pobre e movimentado da cidade por uma instituição de caridade na última semana do mês sagrado do Ramadã.

BBC Brasil |

Segundo o correspondente da BBC em Islamabad Aleem Maqbool, as vítimas morreram sufocadas e pisoteadas.

De acordo com ele, testemunhas afirmaram que o policiamento no local da distribuição era "inadequado".

A multidão e o tumulto no local do incidente dificultaram o acesso de ambulâncias e de equipes de resgate.


Mulheres lamentam mortes no paquistão / AP

Um dos homens responsáveis pela distribuição do alimento foi preso. Segundo a polícia, não houve aviso prévio para advertir os policiais sobre o evento.

Pobreza

Muitos muçulmanos distribuem comida durante o mês do Ramadã. Segundo Maqbool, esse tipo de distribuição tem ocorrido pacificamente nos últimos anos, mas a situação precária da economia do Paquistão e a carência das camadas mais pobres da população podem ter sido fatores que contribuíram para a tragédia em Karachi.

Ele afirmou ainda que os preços dos alimentos básicos, como a farinha, tiveram um aumento de preços significativo na cidade e o governo encontra dificuldades em ajudar um número cada vez maior de pessoas afetadas pela pobreza.

O presidente do país, Asif Ali Zaradari, lamentou as morte e pediu uma investigação sobre o incidente.

Leia mais sobre Paquistão

    Leia tudo sobre: paquistão

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG