Ketsana mata 23 pessoas no Vietnã - Mundo - iG" /

Tufão Ketsana mata 23 pessoas no Vietnã

(Atualiza com nova apuração de vítimas e mais detalhes). Hanói, 29 set (EFE).- Pelo menos 23 pessoas morreram e outra está desaparecida em virtude da chegada ao Vietnã do tufão Ketsana, que deixou 246 mortos e 1,9 milhão de desabrigados nas Filipinas.

EFE |

Fontes do Comitê Central de Controle de Inundações e Tempestades disseram que foram registradas mortes nas províncias de Quang Nam, Quang Ngai, Binh Dinh e Kon Tum.

O fenômeno meteorológico derrubou árvores e destelhou casas, além de ter inundado ruas e casas, e continua sua rota em direção ao interior do país. No entanto, segundo as previsões dos meteorologistas, perderá força e cairá para a classificação de tempestade tropical.

Os habitantes das regiões afetadas estocaram alimentos e protegeram suas casas com sacos de areia para conter a água, e com madeiras atravessadas em portas e janelas, como proteção contra os ventos.

O portal de notícias "Vietnan.net" informou que centenas de navios pesqueiros naufragaram em Quang Ngai e que a refinaria de Dung Quat, em operação desde o começo do segundo semestre, sofreu alguns danos.

Só não houve uma tragédia maior porque, antes da chegada da tempestade, as autoridades deslocaram 167 mil pessoas e ordenaram o ancoramento da frota pesqueira em portos seguros.

Ainda assim, segundo o comitê, cerca de 2 mil pessoas que vivem em Thach An, na província de Quang Ngai, ficaram isoladas devido a enchentes.

Outros danos foram registrados no sistema elétrico que fornece 25% da energia consumida na região norte do país, o que significará uma redução de entre 400 e 500 megawatts na capacidade do serviço, até que a linha seja consertada.

O tráfego rodoviário e ferroviário entre a região norte e sul do Vietnã também foi suspenso, dados os fortes ventos e as fortes chuvas que castigam o centro do país.

A companhia aérea Vietnan Airlienes cancelou desde ontem os voos para a região, em um total de 40. EFE mat/sc-pd

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG