Tufão faz China evacuar 900 turistas de ilha

Pequim, 6 ago (EFE).- Cerca de 900 turistas foram evacuados hoje da ilha de Nanji, na província chinesa de Zhejiang, após a interrupção do serviço de barcos pela chegada do tufão Morakot à região.

EFE |

O Exército ajudou nos trabalhos de evacuação antes de aplicar as medidas de alerta que obrigam que as embarcações atraquem nos portos para se proteger dos efeitos do tufão.

"Não esperávamos que o tufão fosse tão forte, por isso tínhamos previsto ficar na ilha mais uns dois dias", disse um dos turistas chineses à agência oficial de notícias "Xinhua".

O olho do tufão estava na manhã de hoje a 710 quilômetros do sudeste da cidade de Keelung, em Taiwan, com ventos de 144 km/h, segundo o observatório nacional chinês.

O "Morakot" avança em direção noroeste a uma velocidade de entre 20 e 25 km/h rumo à costa nordeste de Taiwan.

O observatório de Zhejiang espera que o "Morakot" se transforme em um grande tufão quando chegar à costa chinesa, na sexta-feira ou no sábado. EFE mz/rr

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG