Tufão Fanapi deixa 3 mortos e 45 feridos em Taiwan

Inundações no sul se multiplicaram nas últimas horas e fortes chuvas e ventos ameaçam agravá-las e provocar deslizamentos

EFE |

O Fanapi causou três mortes e 45 feridos na sua passagem por Taiwan, enquanto avança em direção ao litoral chinês, onde as autoridades se preparam para a chegada do tufão mais destrutivo da temporada de monções. Informações indicam que por causa do tufão 310 mil famílias estão sem energia elétrica e os serviços de transporte aéreo e ferroviário tiveram de ser paralisados.

As chuvas, os ventos e as inundações continuam no sul do Taiwan, mesmo após a saída da ilha do olho do furacão Fanapi, que avança em direção à China. As inundações no sul da ilha se multiplicaram nas últimas horas e as fortes chuvas e ventos ameaçam agravá-las e provocar deslizamentos nas áreas montanhosas.

Reuters
Homem trabalha em local destruído pela passagem do furacao Fanapi por Taiwan

O Governo taiuanês mobilizou milhares de pessoas para evacuarem os residentes em áreas de risco e adotaram todas as precauções para que não se repita a tragédia de agosto de 2009 do tufão Morakot. Morakot causou mais de 700 mortos e desaparecidos. O governo recebeu críticas pela suposta má condução dos trabalhos de resgate e salvamento.

O Fanapi, que em um dos dialetos da Micronésia significa "pequenas ilhas do atol", mantém em alerta às províncias chinesas de Fujian, Cantão (Guangdong) e Zhejiang, onde deve chegar nesta segunda-feira, segundo o Observatório Meteorológico da China. As autoridades litorâneas chinesas determinaram o retorno de todas as embarcações para o porto e evacuaram 156 mil pessoas. O tufão carrega ventos de 117 km/h e está previsto que traga chuvas de 200 mililitros por hora em Fujian, segundo os observatórios chineses.

    Leia tudo sobre: fanapitufãotaiwan

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG