irrealizável governo de união nacional no Zimbábue - Mundo - iG" /

Tsvangirai considera irrealizável governo de união nacional no Zimbábue

O líder da oposição no Zimbábue, Morgan Tsvangirai, considerou neste sábado irrealizável um governo de união nacional, no dia de sua volta ao país para o segundo turno da eleição presidencial, após um exílio voluntário de mais de seis semanas.

AFP |

"Não existe a possibilidade de formar um governo de união nacional. Houve muitas especulações sobre esse assunto, mas não vejo como isso seria realizável", declarou Tsvangirai à imprensa, pouco depois de desembarcar em Harare.

Em 29 de março, o regime de Robert Mugabe soffreu sua primeira derrota eleitoral desde a independência da antiga Rodésia do Sul, em 1980. A oposição conquistou a maioria na Câmara dos Deputados e Tsvangirai superou o chefe de Estado no primeiro turno da eleição presidencial.

Segundo os resultados oficiais, o líder da oposição reuniu 47,9% dos votos no primeiro turno, contra 43,2% para Mugabe.

"Mugabe não tem nenhuma chance de ganhar o segundo turno", afirmou Tsvangirai.

A violência exercida pelas forças de segurança contra os opositores "é a política mais desastrada que ele já promoveu", frisou. "Ele só conseguiu ser ainda mais odiado pelo povo", acrescentou.

O Movimento pela Mudança Democrática (MDC, oposição) denunciou a morte de 40 de seus membros duraante a repressão conduzida pelo regime. As organizações humanitárias registraram mais de mil feridos.

Tsvangirai ainda culpou o regime de Mugabe pela recente onda de violência contra os estrangeiros na África do Sul. "Os ataques xenófobos na África do Sul são a conseqüência direta da política de intolerância e de repressão de Mugabe", sustentou.

Os cerca de três milhões de zimbabuanos refugiados na África do Sul são as principais vítimas da onda de violência xenófoba que vem arrasando há duas semanas as favelas do país e já deixou mais de 42 mortos e centenas de feridos.

fj/yw

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG