Várias aldeias foram destruídas pelo tsumani que atingiu o Pacífico sul depois de um terremoto no litoral de Samoa, e muitas pessoas estariam desaparecidas, informou uma rádio da Nova Zelândia.

As informações falam de uma destruição generalizada, mas ainda não há qualquer confirmação oficial.

Um terremoto de magnitude 7,9 que atingiu nesta terça-feira o litoral de Samoa gerou um alerta de tsunami em uma ampla faixa do Oceano Pacífico, incluindo Nova Zelândia, Tonga e Fiji, informaram os especialistas americanos.

A advertência também vale para Samoa Americana, Ilhas Niue, Ilhas Wallis e Futuna, os atóis de Tokelau, Ilhas Cook, Tuvalu, Kiribati, as Ilhas Kermadec, as Ilhas Baker e Howland, a Ilha Jarvis, a Polinésia francesa, as ilhas Palmyra, Vanuatu, Nauru, as ilhas Marshall, as Ilhas Salomão, Nova Caledônia, Ilha Kosrae, Papua Nova Guiné, Havaí, Pohnpei, ilhas Wake, Pitcairn e Islas Midway.

O epicentro do terremoto foi localizado 200 km a sudoeste de Apia, a capital do arquipélago de Samoa, precisou o Instituto Geofísico americano (USGS).

Para medir a magnitude de um tremor, o USGS utiliza a escala de magnitude de momento (Mw). Nesta escala aberta, um tremor que alcance uma magnitude de pelo menos 6 é considerado forte.

str/cn

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.