Tsunami atinge ilhas do sul do Pacífico e destrói vilarejo

Um poderoso terremoto atingiu nesta terça-feira a região do arquipélago de Samoa, no sul do Oceano Pacífico, causando um tsunami. Segundo informações do correspondente da BBC na Austrália, Phil Mercer, pelo menos um vilarejo teria sido destruído pelas ondas e há relatos de mortes.

BBC Brasil |

Informações não confirmadas dão conta de que ao menos três pessoas teriam morrido e 50 ficaram feridas devido ao fenômeno.

Segundo o médico Lemalu Fiu, do principal hospital de Ápia, capital da Samoa, o número de mortos pode aumentar.

Ondas de 1,57 m
O Centro de Alertas de Tsunami do Pacífico (PTWC, na sigla em inglês), ligado ao governo dos Estados Unidos, o terremoto que gerou o tsunami teve a magnitude de 8,3 na escala Richter.

Anteriormente, o US Geological Survey havia divulgado que o tremor era de 7,9 na escala Richter.

Ainda de acordo com o PTWC, ondas de 1,57 metros foram registradas em Pago Pago, capital da Samoa Americana (território dos Estados Unidos no Pacífico) e de 0,70 metro em Ápia, capital de Samoa (um país independente).

O epicentro do terremoto estava localizado a 190 km ao sudoeste do arquipélago, a 33 km de profundidade. O tremor aconteceu por volta de 7h40 da manhã no horário local (15h40 em Brasília).

Testemunhas relataram à BBC terem visto casas destruídas e afirmaram que carros foram levados pela água.

Alerta
Um comunicado publicado no site do PTWC afirmou que o tsunami não deve atingir a região do Estado americano do Havaí, como temia-se inicialmente.

Foi emitido um alerta de tsunami para as ilhas Samoa, Tonga e Fiji e para a Nova Zelândia.

Em 2004, um poderoso tsunami no Oceano Índico deixou dezenas de milhares de mortos na Ásia.

Em entrevista à BBC, Stuart Weinstein, do PTWC, afirmou que o tsunami desta terça-feira é "muito menor" e tem apenas 3% da energia do de 2004.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG