Tropas russas começam a deixar faixas de segurança na Geórgia

TBLISI - As tropas russas começaram neste domingo a desmontar os postos militares que instalaram nas faixas de segurança criadas na Geórgia para proteger as regiões separatistas da Ossétia do Sul e da Abkházia, informou o Ministério de Interior georgiano.

EFE |

"Os postos estão sendo desmontados", disse em Tbilisi o porta-voz do departamento, Shota Utiashvili, segundo quem a Geórgia espera que a retirada das tropas russas seja concluída até sexta-feira, conforme compromisso com a União Européia (UE).

O acordo assinado entre Rússia e UE diz que uma missão européia de observadores vai assumir sozinha, em 10 de outubro, as faixas de segurança entre o território georgiano administrado por Tbilisi e as regiões separatistas.

Redes de TV locais já noticiaram o desmantelamento das posições russas e a retirada de material bélico de várias regiões junto à Abkházia e à Ossétia do Sul, cuja independência foi reconhecida pela Rússia após a recente ofensiva militar na Geórgia.

Perto da Ossétia, foi desmontado um posto russo a noroeste da cidade de Gori. Já em torno da Abkházia, os soldados desfazem suas posições em várias localidades dos distritos ocidentais de Zugdidi, Tsalendzhija e Chjorotsku.

Moscou também confirmou a retirada de material militar das faixas de segurança, que é supervisionada pela Missão de Observadores da UE na Geórgia, segundo a rede de televisão "Rustavi-2".

"Começamos os trabalhos de desmontagem e retirada de material dos postos de observação", disse às agências russas o coronel Igor Konashenkov, assessor do comandante do Exército russo. 

    Leia tudo sobre: rússia

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG