Tropas ruandesas começarão a deixar RDCongo a partir de 25 de fevereiro

As tropas de Ruanda, que há um mês estão mobilizadas no leste da República Democrática do Congo para ajudar o exército de Kinshasa a combater os rebeldes hutus, começaram neste sábado a preparar sua retirada do país, prevista para o dia 25 de fevereiro, indicou o Estado Maior conjunto.

AFP |

"As tropas ruandesas que estão no Kivu Norte, nos territórios de Walikale e Masisi, iniciaram" a preparação da retirada, declarou à AFP o porta-voz do Estado Maior conjunto, o capitão congolês Olivier Amuli, entrevistado por telefone em Kinshasa.

A "cerimônia de adeus" às forças ruandesas, que terá um "desfile militar conjunto" em Goma, capital de Kivu Norte, acontecerá no dia 25 de fevereiro, acrescentou.

A partir desta data, as tropas de Kigali "começarão a entrar em Ruanda", um processo que deve durar "dois ou três dias", disse o porta-voz.

tmo/ap

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG