Tropas israelenses matam jovem palestino na Cisjordânia, dizem médicos

NABLUS, Cisjordânia - Um jovem palestino foi morto por tropas israelenses e outro ficou gravemente ferido neste sábado na Cisjordânia, disseram autoridades médicas palestinas. Os jovens faziam parte de uma demonstração na qual pedras foram jogadas contra soldados israelenses próximo à cidade de Nablus. Autoridades de um hospital palestino e testemunhas afirmaram que o adolescente de 16 anos foi morto a tiros.

Reuters |

O exército israelense disse que os soldados não carregavam munição, mas utilizaram armas para controle de multidões como gás lacrimogêneo e balas de borracha para dispersar palestinos que estavam se aproximando de um assentamento judeu nas redondezas.

A fatalidade foi a primeira de uma série de choques que começaram nesta semana em protestos contra a inauguração por Israel de uma sinagoga na parte antiga de Jerusalém, o que provavelmente vai aumentar as tensões.

No mesmo dia, o secretário-geral das Nações Unidas, Ban Ki-moon, defendeu o diálogo entre Israel e Palestina e afirmou que a cidade sagrada de Jerusalém deveria ser tanto capital de Israel quanto de um futuro Estado palestino.

"Podemos e devemos encontrar uma maneira de que Jerusalém surja nas negociações como capital dos dois Estados, com acordos aceitáveis para todos sobre a cidade sagrada", disse

(Por Hassan Titi)

    Leia tudo sobre: oriente médioorinete médio

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG