Tropas iraquianas matam seis milicianos durante operação em Bagdá

Bagdá, 21 jul (EFE).- Tropas iraquianas mataram seis insurgentes e detiveram outros dois, além de um militante do Hisbolá, durante uma operação nos bairros de Cidade de Sadr e Baghdad al-Jadida, em Bagdá, informou hoje o comando militar americano.

EFE |

Segundo a nota, dois supostos "criminosos" foram detidos durante uma missão em Cidade de Sadr.

Os detidos, que distribuíam armas entre os milicianos, faziam parte dos "grupos especiais", nome com o qual a cúpula militar americana costuma se referir aos combatentes xiitas.

Um dos milicianos é o suposto líder de uma célula responsável de lançar vários ataques contra as tropas americanas e de importar armas do Irã.

Depois, os soldados mataram outras seis pessoas como resposta aos ataques de supostos insurgentes enquanto tentavam localizar um arsenal de armas no bairro de Baghdad al-Jadida.

Nesta mesma área, segundo o comando militar, tropas americanas capturaram um especialista em propaganda do grupo xiita libanês Hisbolá.

A detenção foi possível graças a informação oferecida pelos serviços de inteligência, que a obtiveram de outros suspeitos que já tinham sido detidos, afirma a nota.

O suposto membro do Hisbolá atualizava páginas da internet com imagens e vídeos de ataques contra as forças de segurança iraquianas e as tropas americanas.

Segundo o comando militar, a detenção foi simples, já que a mulher do detido identificou o suspeito. EFE ah/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG