Tropas internacionais matam pelo menos 18 supostos rebeldes no Afeganistão

Cabul, 11 mai (EFE).- Pelo menos 18 supostos rebeldes morreram e outros seis foram detidos em uma operação das tropas afegãs e da Força Internacional de Assistência à Segurança (Isaf) em Helmand (sul do Afeganistão), informou nesta terça-feira o Ministério de Interior do país asiático.

EFE |

Cabul, 11 mai (EFE).- Pelo menos 18 supostos rebeldes morreram e outros seis foram detidos em uma operação das tropas afegãs e da Força Internacional de Assistência à Segurança (Isaf) em Helmand (sul do Afeganistão), informou nesta terça-feira o Ministério de Interior do país asiático. A ofensiva aconteceu na segunda-feira no distrito de Sangin, e as forças de segurança internacionais não sofreram baixas, segundo comunicado do Governo afegão, que não deu detalhes sobre a operação. Helmand é uma das províncias afegãs mais conflituosas, e foi palco meses atrás de uma intensa ofensiva das tropas internacionais contra os insurgentes. A Isaf informou nesta terça em comunicado que um de seus helicópteros teve que realizar esta madrugada uma aterrissagem de emergência no distrito de Sangin após ser atacado pelos talibãs, mas a tripulação foi resgatada por outro aparelho. A organização afirmou que suas tropas enfrentaram "múltiplos combatentes inimigos" e capturaram "vários suspeitos insurgentes" na zona de Nangazi, embora o Ministério do Interior não tenha feito referência a essa operação. Em outro comunicado, o mesmo Ministério informou que pelo menos quatro estudantes ficaram feridos nesta terça na explosão de uma bomba em um instituto do distrito de Zay, na província oriental de Khost. Uma fonte oficial local disse ao canal de televisão privado "Tolo" que a explosão deixou cinco estudantes e quatro professores feridos. O Ministério culpou os "inimigos da paz e da estabilidade do país", eufemismo com o qual os oficiais afegãos se referem aos talibãs, embora nenhum grupo tenha reivindicado o ataque. EFE lo-nt/fm

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG