Tropas internacionais e afegãs procuram talibãs que escaparam de prisão

Cabul, 14 jun (EFE).- As tropas internacionais e afegãs buscam hoje os quase 900 prisioneiros que escaparam ontem de uma prisão da cidade de Kandahar (sul do Afeganistão), onde as autoridades declararam estado de exceção, informou à Efe uma fonte oficial.

EFE |

Cerca de 80 insurgentes, supostamente talibãs, invadiram ontem à noite a principal prisão de Kandahar, após jogarem um caminhão-bomba contra sua entrada, segundo o vice-ministro de Justiça afegão, Mohammad Qasim.

"Havia cerca de mil prisioneiros na prisão. A maioria deles escapou", assinalou.

Além disso, durante a invasão talibã ao centro penitenciário, se iniciaram tiroteios que causaram a morte de nove policiais, sete prisioneiros e um civil, segundo o chefe do conselho provincial de Kandahar, Ahmad Wali Karzai.

Uma fonte policial estimou em 890 o número de prisioneiros que conseguiram escapar, dentre os quais cerca de 350 eram insurgentes.

As forças internacionais e afegãs estão tentando prender os fugitivos, e as autoridades declararam estado de exceção em Kandahar. EFE lo/gs

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG