Tropas estranngeiras no Afeganistão depois do anúncio de reforços americanos

Quase 70.000 soldados estrangeiros estão posicionados no Afeganistão, sendo mais de 75% sob o comando da Otan, para consolidar a autoridade do Estado afegão frente aos ataques dos rebeldes talibãs.

AFP |

Os Estados Unidos anunciaram sábado o envio de 20.000 a 30.000 homens nos próximos seis meses, o que praticamente multiplicaria por dois o número de soldados americanos atualmente mobilizados no país (quase 32.000 oficialmente).

Atualmente, 16.000 soldados, em maioria americanos, participam da operação "Enduring Freedom" (Liberdade Imutável), deflagrada por Washington em outubro de 2001 contra os talibãs, então no poder, e seus aliados da Al-Qaeda. A maior parte destas tropas se encontra no leste do Afeganistão.

A Força Internacional de Assistência à Segurança da Otan (Isaf), da qual participam hoje 38 países, está no Afeganistão desde meados de 2003. Ela é a responsável por quase todas as operações militares no país desde que o leste passou sob sua autoridade, no fim de 2006.

O contingente da Isaf tem atualmente quase 52.000 homens, a maioria dos quais está posicionada no sul e no leste do Afeganistão, as regiões onde os talibãs são os mais ativos.

Segue uma relação das forças da Isaf (Otan) no dia 1 de dezembro de 2008:

Estados Unidos : 19.450

Reino Unido : 8.300 (dados do ministério britânico da Defesa)

Alemanha : 3.600

França : 2.785

Canadá : 2.750

Itália : 2.350

Holanda : 1.770

Polônia : 1.130

Austrália : 1.090

Turquia : 860

Espanha : 780

Romênia : 740

Dinamarca : 700

Bulgária : 460

Noruega : 455

Bélgica : 400

Suécia : 400

República Tcheca : 415

Croácia : 300

Hungria : 240

Lituânia : 200

Eslováquia : 180

Nova Zelândia : 150

Albânia : 140

Macedônia : 135

Estônia : 130

Grécia : 130

Finlândia : 80

Portugal : 70

Letônia : 70

Eslovênia : 70

Azerbaijão : 45

Ucrânia : 10

Luxemburgo : 9

Islândia : 8

Irlanda : 7

Áustria : 1

Geórgia : 1

Total dos 38 países : 51.350 soldados

Desde 2001, 1.036 soldados estrangeiros morreram no Afeganistão, entre os quais 629 americanos, 134 britânicos e 103 canadenses.

bur/yw/sd

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG