Tropas dos EUA podem permanecer em Mossul após data de retirada

Washington, 14 abr (EFE).- As tropas americanas podem permanecer na província iraquiana de Mossul após o dia 30 de junho, data estipulada para o início da retirada do país, informou hoje o Pentágono.

EFE |

O coronel Gary Volesky, comandante das tropas dos Estados Unidos na região, explicou em uma videoconferência que a situação na região está sendo avaliada. Nesta semana, o local foi palco de vários ataques, que resultaram na morte de seis soldados americanos.

"Estamos discutindo com nossos parceiros iraquianos qual é o melhor caminho para a segurança de Mossul. Se o Governo do Iraque quiser nossa permanência, ficaremos", disse.

No final de 2008, EUA e Iraque assinaram um pacto de segurança que entrou em vigor em janeiro. No acordo, os americanos se comprometeram a retirar suas tropas das principais cidades iraquianas em junho de 2009. A saída definitiva ocorreria no final de 2011.

Atualmente, 4 mil soldados americanos e 25 mil iraquianos cuidam da segurança em Mossul. No entanto, o coronel disse que faltam cerca de 5 mil policiais para que a situação "possa voltar à normalidade".

EFE elv/plc

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG